Chris Evans: ator tem mensagem forte para haters de Lightyear

O filme de animação Lightyear, da Pixar, que conta a história do famoso ranger do espaço, em Toy Story, está a gerar polémica. Além de estar a ser banido de 14 países, está a gerar indignação por ter um beijo entre um casal homossexual.

Quem se fez ouvir, foi o ator Chris Evans que, além de dar voz à personagem principal, Buzz, tem uma opinião forte sobre a oposição dos 14 países e das criticas que se fazem ouvir.

O motivo de veto pelos vários países na Ásia e médio oriente deixou o ator Chris indignado e perante isso disse: “Haverá sempre pessoas com medo e inconscientes, a tentar manter o que era dantes”.

Mas vai mais longe. O ator diz que as pessoas que se opõem à diversidade e à inclusão nos ecrãs, vão eventualmente “Morrer como dinossauros”, disse. “A verdade é que essas pessoas são idiotas”, acrescentou.

“De todas as vezes que tem havido avanços sociais quando acordamos, a história americana, a história humana é de constante despertar e crescimento social e é isso que nos torna bons”

“Acho que o objetivo é não lhe dar atenção, andar para a frente e abraçar a evolução que nos torna humanos”.

“É difícil não ficar um pouco frustrado por ter que ser um tópico de discussão. Que se torne neste tipo de notícia. O objetivo é que possamos chegar a um ponto em que seja a norma, e que isso não precisem ser águas desconhecidas, que eventualmente seja assim. Essa representação geral é como fazemos filmes”.

Fonte: Parade